Safra da tainha melhora em SC

Com a chegada do frio em Santa Catarina, a safra de tainha melhorou. Na manhã de quinta-feira (7), foram pescadas aproximadamente mil tainhas no Retiro dos Padres, em Bombinhas, e mais de 700 nas praias dos Ingleses e Santinho, ambas em Florianópolis. Na quarta (6), foram 4,5 toneladas pescadas no Farol de Santa Marta, em Laguna, e 1,2 mil peixes no Campeche, na Capital.

Com essa frente fria, a tendência é melhorar (a pesca) nos próximos dias. Já começaram a aparecer os peixes de tamanho bom, mesmo assim a safra ainda está fraca. Só quem consegue pescar em boa quantidade são as embarcações industriais — afirma o conselheiro da Federação dos Pescadores de Santa Catarina (Fepesc), José Frutuoso Goes Filho.

Com a fartura que não se tinha visto até o início de junho, o preço do quilo da tainha nas peixarias começou a baixar. No início da safra, em maio, um quilo de tainha sem ovas no Mercado Público de Florianópolis custava R$ 16. Hoje, sai a R$ 13. O mesmo vale para a tainha ovada, que chegou a custar R$ 22 o quilo e agora sai por R$ 18.

Em 2018, o Tainhômetro contabilizou a captura de 179 toneladas até o dia 4 de junho, período em que a safra ainda estava fraca. Quando forem contabilizados os lanços dos últimos dias, desde a chegada da frente fria, este número deve subir consideravelmente.

Fonte: Hora de Santa Catarina

Compartilhe com seus amigos!