Prefeitura discute liberação do FGTS para vítimas da chuvas em Florianópolis

Nesta quarta-feira (24), o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, terá dois assuntos importantes para tratar em Brasília referentes aos estragos causados pela chuva na cidade. Primeiro e mais imediato é a liberação de recursos junto à Defesa Civil nacional. O órgão reconheceu a situação de emergência da Capital nesta segunda-feira. E com essa medida, a prefeitura também poderá dar entrada em outra demanda: o saque do FGTS para as vítimas dos alagamentos.

A estimativa parcial é que cerca de 35 mil pessoas foram atingidas diretamente ou indiretamente pela chuva dos últimos dias. Uma parte desses moradores terá direito a sacar o benefício, conforme a Defesa Civil municipal. No entanto, a Capital ainda está enfrentando o evento climático. Ontem, houve novas famílias afetadas pela chuva. Com isso, a prefeitura vai aguardar o fim do período chuvoso para iniciar o processo de liberação do FGTS.

A prioridade agora é o recurso-resposta da Defesa Civil nacional. O levantamento dos prejuízos é orçado em R$ 54 milhões pelo município. Esse valor será avaliado pela pasta nacional. O relatório da prefeitura leva em conta os estragos provocados no início do mês. O pedido foi feito em 11 de janeiro.

 

Compartilhe com seus amigos!